Ensinar pluralidade cultural ou viver pluralidade cultural?


pcn-pluralidade-cultural-cursos-cpt

Ninguém pode conquistar o mundo de fora se não aprender a conquistar o mundo de dentro… Augusto Cury

Um dos pontos chaves do estudo da Pluralidade Cultural enquanto tema pedagógico é o envolvimento do tema com a educação, que proporciona entrelaçamento da escola, comunidade e sociedade, o que faz com que amplie questões do dia-a-dia com relação às diferenças existentes entre seres humanos, argumentadas até hoje através de preconceitos e discriminações.

Pedagogicamente o tema Pluralidade Cultural oferece oportunidades aos alunos, de conhecerem suas origens, sua história como brasileiro, como ser social e como indivíduo participante de grupos culturais, propicia a compreensão de seu valor e a elevação de sua auto-estima enquanto ser humano digno e dotado de capacidades. Através da escola podemos adquirir conhecimentos e vivências que ajudam a conscientizar os alunos quanto às injustiças e manifestações de preconceito e discriminação. Se a escola é formadora de conceitos e didáticas, cabe a ela também formar cidadãos conscientes de seus direitos e deveres, bem como cidadãos comprometidos com a humanização e os sentimentos fundamentais para uma boa vivência entre seres tão diferentes e individuais, como somos.

A Pluralidade Cultural é fator de fortalecimento da democracia, diante da explicitação do Art.58° do Estatuto da Criança e do Adolescente que diz: “No processo educacional respeitar-se-ão os valores culturais, artísticos e históricos próprios do contexto social da criança e do adolescente, garantindo-se a estes a liberdade de criação e o acesso às fontes de cultura”. No entanto é necessário que a escola analise suas relações e suas práticas, proporcionando que a temática da Pluralidade Cultural contribua para a construção de uma sociedade democrática.

Numa perspectiva pedagógica urge desvendar a importância do educador, enquanto mediador da aquisição de conhecimentos, e a indagação de que se deve ensinar Pluralidade Cultural ou viver Pluralidade Cultural?

Num país como o nosso, onde as raças se misturam, onde o multiculturalismo é visível aos olhos de quem quiser ver, esta indagação é dispensável ao ensino específico de pluralidade cultural, pois vivemos verdadeiramente esta pluralidade. É necessário sim, intertextualizar essa diversidade com outras disciplinas, contextualizando os conteúdos com o intuito de formar e informar a todos os participantes do processo educacional, para que estes proliferem esses conceitos e conhecimentos para a sociedade a qual fazem parte.

Bibliografia: CURY, Augusto. Seja líder de si mesmo-O maior desafio do ser humano. Ed Sextante, 2004.

Fonte: Gestão Universitária

Anúncios

Um comentário sobre “Ensinar pluralidade cultural ou viver pluralidade cultural?

  1. Alex, nossa cultura não cresce com a força do patriotismo, o que acontece com outras nações. São com estudos assim que as mudanças podem acontecem!

    Mudando de assunto, se você que curte tudo sobre moda, fashionistas e compras. 😉 Tá sabendo sobre o Fashion’s Night Out 2013?! Lá no blog estou contando tudo sobre e quais são as capitais que estão participando do evento. Quando puder e se quiser, só conferir: http://andrehotter.wordpress.com
    hUg!

    André Hottër

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s